Sobre Nós

O viveiro foi fundado em 1999 com o nome de Mudas de Café Ouro Preto, os proprietários na época eram Luiz Oscar Westin Aguiar (Luiz Cabral) e José Pedro Westin Aguiar, as mudas de café eram produzidas em saquinhos de plástico, com terra de barranco e cama de frango, as mesmas eram destinadas a o uso próprio e o excedente comercializado.
No ano de 2000 deu o inicio da produção em tubetes de 120ml, utilizando substratos preparados e adubos de liberação lenta, tecnologia trazida de alguns viveiros já existentes na região de Guaxupé, com a implantação dessa tecnologia eram produzidas 180 mil mudas por ano no viveiro.
O viveiro ficou sobre administração dos proprietários do ano de 1999 ao ano de 2004, a partir do ano de 2005 a administração ficou sobre responsabilidade de Luiz Cabral e de Sua esposa Lucia Regina dos Reis Aguiar, com essa mudança foi substituído o nome do viveiro para Cabral Viveiro de Mudas.
No ano de 2009 teve inicio a produção de mudas de Eucalipto, Mogno Africano, Acácia Mangium, Cedro Australiano, Sansão do Campo, Jambolão.
Hoje em dia o viveiro conta com uma produção aproximada de 1 milhão de mudas por ano, todas registradas na CDA e no MAPA.
O viveiro conta com o Acompanhamento Técnico de um Engenheiro Agrônomo, responsável pelas recomendações necessárias para a boa formação das mudas.